JP Private Selection 2013

Descrição Rápida

Casta: 40% Castelão, 30% Syrah e 30% Carbenet Sauvignon

Disponível: Sem estoque

R$ 116,89
ou 3x de R$ 38,96
Sem estoque

Descrição

Vinho Regional da Península de Setúbal

Casta: 40% Castelão, 30% Syrah e 30% Carbenet Sauvignon

Estágio: 12 meses em barricas de carvalho francês Allier

Enóloga: Filipa Tomaz da Costa

Tipo de Solo: Arenoso

Primeira Colheita: 1987

Teor Alcoólico (%): 14 vol.

Conteúdo:750ml

Produzido a partir das castas, Castelão, Syrah e Cabernet Sauvignon, plantadas na Península de Setúbal onde as uvas apresentam excelentes condições de maturação e que enaltecem a personalidade de cada uma das castas. As castas Castelão e Syrah encontram o “terroir” ideal para vinhos ricos, encorpados e cheios na boca, nas vinhas de baixa produção dos solos arenosos de Palmela. A casta Cabernet Sauvignon é proveniente de vinhas localizadas nas colinas de Azeitão, onde o “terroir” especial e o clima propiciam condições para um lento e longo período de maturação, obtendo-se vinhos elegantes e complexos. As três variedades foram vinificadas separadamente usando-se um método tradicional e mantidos à parte até à criação do lote final.

História: O JP Private Selection faz parte de um projeto, iniciado com a colheita de 1987, de produzir um vinho da casta Castelão com elevado potencial de envelhecimento em garrafa. Pretende-se igualmente oferecer ao consumidor um vinho com um estágio prévio em garrafa. Em tempos em que apenas uma minoria tem facilidade para envelhecer os vinhos que possuem esse potencial, nas suas garrafeiras, a Bacalhôa Vinhos de Portugal assegura esse serviço: acompanhando cuidadosamente a evolução de cada colheita e lançando-a quando os nossos técnicos entendem ter atingido o início da sua melhor condição.

Notas de Prova: De cor vermelha arroxeada intensa, esta colheita de 2013 apresenta aromas e sabores de frutos encarnados bem marcados, como a ginja e a ameixa preta, com notas subtis de menta, especiarias e baunilha, os taninos suaves e finos estão bem presentes conferindo uma estrutura longa, cheia e complexa. Este vinho tem um óptimo potencial de envelhecimento em garrafa.
 
Harmonização: É o acompanhante ideal de pratos de carne, caça e queijos.
 
Prêmios/Distinções:
Decanter World Wine Awards – Medalha de Bronze (2015)
International Wine Challenge – Medalha de Prata (2015)
International Wine & Spirits Competition – Medalha de Bronze (2015)
Revista de Vinhos - 15,5 Pontos (2015)

Detalhes

Vinho Regional da Península de Setúbal

Casta: 40% Castelão, 30% Syrah e 30% Carbenet Sauvignon

Estágio: 12 meses em barricas de carvalho francês Allier

Enóloga: Filipa Tomaz da Costa

Tipo de Solo: Arenoso

Primeira Colheita: 1987

Teor Alcoólico (%): 14 vol.

Conteúdo:750ml

Produzido a partir das castas, Castelão, Syrah e Cabernet Sauvignon, plantadas na Península de Setúbal onde as uvas apresentam excelentes condições de maturação e que enaltecem a personalidade de cada uma das castas. As castas Castelão e Syrah encontram o “terroir” ideal para vinhos ricos, encorpados e cheios na boca, nas vinhas de baixa produção dos solos arenosos de Palmela. A casta Cabernet Sauvignon é proveniente de vinhas localizadas nas colinas de Azeitão, onde o “terroir” especial e o clima propiciam condições para um lento e longo período de maturação, obtendo-se vinhos elegantes e complexos. As três variedades foram vinificadas separadamente usando-se um método tradicional e mantidos à parte até à criação do lote final.

História: O JP Private Selection faz parte de um projeto, iniciado com a colheita de 1987, de produzir um vinho da casta Castelão com elevado potencial de envelhecimento em garrafa. Pretende-se igualmente oferecer ao consumidor um vinho com um estágio prévio em garrafa. Em tempos em que apenas uma minoria tem facilidade para envelhecer os vinhos que possuem esse potencial, nas suas garrafeiras, a Bacalhôa Vinhos de Portugal assegura esse serviço: acompanhando cuidadosamente a evolução de cada colheita e lançando-a quando os nossos técnicos entendem ter atingido o início da sua melhor condição.

Notas de Prova: De cor vermelha arroxeada intensa, esta colheita de 2013 apresenta aromas e sabores de frutos encarnados bem marcados, como a ginja e a ameixa preta, com notas subtis de menta, especiarias e baunilha, os taninos suaves e finos estão bem presentes conferindo uma estrutura longa, cheia e complexa. Este vinho tem um óptimo potencial de envelhecimento em garrafa.
 
Harmonização: É o acompanhante ideal de pratos de carne, caça e queijos.
 
Prêmios/Distinções:
Decanter World Wine Awards – Medalha de Bronze (2015)
International Wine Challenge – Medalha de Prata (2015)
International Wine & Spirits Competition – Medalha de Bronze (2015)
Revista de Vinhos - 15,5 Pontos (2015)

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.