JP Azeitão Branco 2017

Disponível: Em estoque

R$ 65,76
ou 3x de R$ 21,92

Pagamento no Boleto Bancário

  • Opção com 05% de desconto : R$ 62,47

Pagamento no Depósito / Transferência

  • Opção com 05% de desconto : R$ 62,47
Em 1x sem juros de R$ 65,76Em 2x sem juros de R$ 32,88
Em 3x sem juros de R$ 21,92
Calcular Frete

Informe seu CEP para calcular o valor da entrega.


  • Insira o seu CEP com hífen para o correto cálculo.

OU

Descrição

JP Azeitão Branco 2017

Castas: 62% Moscatel de Setúbal e 38% Fernão Pires

Enóloga: Filipa Tomaz da Costa

Primeira Colheita: 1993

Teor Alcoólico (%): 13 vol.

Conteúdo:750ml

Produzido em 2017 a partir das duas principais castas brancas da Península de Setúbal, o Moscatel de Setúbal (62%) e o Fernão Pires (38%). Nesta colheita, o ano decorreu muito seco, provocando uma maturação um pouco precoce das uvas. O Fernão Pires foi vindimado na terceira semana de Agosto, tendo o Moscatel de Setúbal sido colhido no final de Setembro. Estas duas castas foram vinificadas separadamente, usando-se métodos suaves na prensagem, fermentações a baixas temperaturas visando a conservação dos aromas primários da uva.
 
História:  Num país de sol como Portugal, com cerca de 800 km de costa e praia, com um mar azul batido e de água fria, onde é pescado o melhor peixe da Europa, tinha que se inventar um vinho branco que estivesse em perfeita sintonia com esta “Arte de Viver”. Numa época, em que os vinhos brancos portugueses eram ainda bastante vivos, frutados e refrescantes, impunha-se criar um vinho de muita apetência, fresco, leve e ultra moderno e no qual sobressaíssem naturalmente as notas florais e frutadas. JP Branco será o vinho que marcou a viragem da história da Bacalhôa Vinhos de Portugal. Foi um rápido sucesso de vendas ultrapassando, em três anos, os 3 milhões de garrafas vendidas.
 
Notas de prova: De cor citrina, o JP Azeitão Branco 2017 apresenta-se com um aroma muito floral e frutado, com notas de flor de laranjeira, ananás e citrinos; na boca estas sensações são realçadas e completadas por uma acidez bem presente e uma
estrutura elegante, dando um final fresco, longo e persistente.
 
Harmonização: É um bom acompanhante de peixes grelhados, saladas ou com aperitivos.

Detalhes

JP Azeitão Branco 2017

Castas: 62% Moscatel de Setúbal e 38% Fernão Pires

Enóloga: Filipa Tomaz da Costa

Primeira Colheita: 1993

Teor Alcoólico (%): 13 vol.

Conteúdo:750ml

Produzido em 2017 a partir das duas principais castas brancas da Península de Setúbal, o Moscatel de Setúbal (62%) e o Fernão Pires (38%). Nesta colheita, o ano decorreu muito seco, provocando uma maturação um pouco precoce das uvas. O Fernão Pires foi vindimado na terceira semana de Agosto, tendo o Moscatel de Setúbal sido colhido no final de Setembro. Estas duas castas foram vinificadas separadamente, usando-se métodos suaves na prensagem, fermentações a baixas temperaturas visando a conservação dos aromas primários da uva.
 
História:  Num país de sol como Portugal, com cerca de 800 km de costa e praia, com um mar azul batido e de água fria, onde é pescado o melhor peixe da Europa, tinha que se inventar um vinho branco que estivesse em perfeita sintonia com esta “Arte de Viver”. Numa época, em que os vinhos brancos portugueses eram ainda bastante vivos, frutados e refrescantes, impunha-se criar um vinho de muita apetência, fresco, leve e ultra moderno e no qual sobressaíssem naturalmente as notas florais e frutadas. JP Branco será o vinho que marcou a viragem da história da Bacalhôa Vinhos de Portugal. Foi um rápido sucesso de vendas ultrapassando, em três anos, os 3 milhões de garrafas vendidas.
 
Notas de prova: De cor citrina, o JP Azeitão Branco 2017 apresenta-se com um aroma muito floral e frutado, com notas de flor de laranjeira, ananás e citrinos; na boca estas sensações são realçadas e completadas por uma acidez bem presente e uma
estrutura elegante, dando um final fresco, longo e persistente.
 
Harmonização: É um bom acompanhante de peixes grelhados, saladas ou com aperitivos.

Tags do Produto

Use espaços para separar as tags. E aspas simples (') para frases.