Da Roma antiga aos dias de hoje, a propriedade da Argiano fez história no território de Montalcino, transformando-a numa das realidades de maior prestígio e tradição, uma preciosa embaixadora no mundo dos seus vinhos, orgulhosa de ter contribuído para o nascimento do Consórcio de Brunello.

A história da Argiano dá um giro durante a posse da nobre família Pecci, de Siena, com a construção entre 1581 e 1596 do esplêndido vilarejo, exemplo de moradia senhorial do século XVI. Graças também à edificação da adega, nasce na mesma época a vocação da fazenda vinícola da Argiano.

A propriedade pertenceu, ao longo dos séculos, a diferentes famílias nobres, até chegar ao século XIX sob a iluminada gestão da Sra. Ersilia Caetani Lovatelli, que deu visibilidade e promoveu nos melhores salões culturais da época os produtos vinícolas da Argiano.

Daquela época há a lembrança da declamação do Sumo poeta italiano Carducci, com o verso “nella quale asprezza mi tersi col vin d’Argiano, il quale è molto buono…” (na amargura purifico-me com o vinho da Argiano, que é muito bom …).

Presente com o seu Brunello na II Mostra Mercato dei Vini Tipici d’Italia (II Mostra Mercado de Vinhos Típicos da Itália) em 1935, como Fattoria di Argiano, a fazenda obtém dois importantes certificados de reconhecimento: uma atribuição vinícola e outra atribuição de medalha de ouro no Salão Alimentar de Bruxelas em 1932 pela produção de vinhos preciosos de mesa e de sobremesa.

Em 1967 a Argiano faz a história da Brunello, em Montalcino, participando com outras fazendas vinícolas da região do ato de fundação do Consórcio de Brunello.

Em 1992, os bens da Argiano passam à condessa Noemi Marone Cinzano, que introduz importantes inovações na administração da fazenda vinícola: inicia-se a colaboração com o enólogo de fama mundial Giacomo Tachis, relação que levará ao nascimento do Super Toscano Solengo, ampliando os cultivos de vinhedos Sangiovese, com reestruturação e modernização dos locais da adega.

Chega-se assim aos nossos dias, com a passagem de propriedade no início de 2013 a um grupo de empreendedores brasileiros.

Enoturismo

Visite o site da vinícola